quarta-feira, 24 de outubro de 2012

PROJETO :Alimentação saudável nas escolas.



Justificativa: 

O interesse em trabalhar com este tema partiu num primeiro momento da observação das crianças no refeitório no horário das refeições; onde as crianças recusam comer os legumes, verduras e até mesmo as frutas, tão necessários ao seu crescimento e desenvolvimento. Pensando em uma forma mais agradável de envolver os alunos em atividades mais significativas e que fossem capazes de trabalhar os conteúdos de forma interdisciplinar; pensamos na proposta de trabalhar com a pedagogia de projetos a partir de algumas atividades lúdicas envolvendo uma alimentação saudável; pois, verificamos que algumas crianças apresentam obesidade por comer apenas besteiras como: salgadinhos, refrigerantes, biscoitos, todinhos etc.

 Objetivo (s):

  Promover atividades que valorizem e aproximem os alunos dos alimentos mais saudáveis.
 • Investigar o valor nutritivo dos alimentos e despertar o gosto por eles;  
• Conhecer, nomear e identificar os diferentes tipos de alimentos; 
• Entrar em contato com textos de gêneros diferentes (lista de compras/receitas, relatórios do passeio etc.); (língua portuguesa) 
 • Identificar os sabores e textura dos alimentos; (ciências)
 • Conhecer a necessidade da higienização dos alimentos e das mãos;
• Promover conhecimentos matemáticos para as crianças como: pagar as comprar, receber trocos etc.

 Conteúdos:

 • Compreensão e valorização da cultura escrita, categorização gráfica (utilização receitas, pesquisa, investigação de preços, construção de tabelas, relatórios).
 • Trabalhar o sistema de numeração;
 • Trabalhar com números ordinais, operações mais simples.
 • Trabalhar com valores monetários (introdução da vírgula nas operações), problemas a partir das variáveis da pesquisa e do andamento do projeto. 

 Conceitos: 

 Língua portuguesa: Diferentes tipos de gêneros textuais; utilização das receitas, relatórios, trabalhar os gêneros textuais a partir de dados das pesquisas e produções dos alunos.

 Matemática: Trabalhar o sistema de numeração: investigação de preços, construção de tabelas, envolvimentos com preços dos alimentos. (dinheiro, medidas).

Ciências: saúde, higiene, percepção sensorial. (cheiro; sabor dos alimentos,). 

Geografia: localização espacial na escola e fora da escola, paisagens vistas durante o trajeto. (passeio).

1º dia da semana:

 Fazer uma roda com as crianças para conversar sobre o hábito da alimentação deles, sobre o que é uma alimentação saudável e não saudável. 
Fazer um levantamento dos conhecimentos prévios que a criança possui sobre certos alimentos.
 Propor as crianças a ter na escola uma alimentação saudável para o lanche para assim eles conhecerem alimentos nutritivos e pegar habito em comer nas suas casas.
 Pensar em uma forma de conseguir verbas para fazemos a compra no supermercado juntos com a finalidade de levar os alunos a refletirem a encontrarem estratégias a se organizarem democraticamente organizar um passeio com as crianças ao supermercado para fazer compras, assim trabalhará varias disciplinas, onde teremos a oportunidade de ver os preços dos produtos, comparar, olhar os cartazes, ver as pessoas etc. 

 Supermercado Bretas

 2º dia: Passeio; 

 A professora juntamente as crianças irão ao supermercado levando a lista de compras, dinheiro, maquinas fotográfica para registrar todos os momentos dentro do supermercado. Olhar preços, marcas dos produtos, comparar o que é mais caro, mais barato, o que é mais saudável, menos saudável etc. Mostrar para as crianças as validades dos produtos, quantidade como: ml ;k .litro etc. explicando como comprar os produtos :se são no peso , no litro, na unidade , enfim ,explorar os produtos com as crianças antes de comprar . No momento de pagar a compra deixar as crianças irem juntos para perceberem o valor da compra, perceber que precisam pegar fila no supermercado (ética) ver o valor da compra, quanto de dinheiro deu para pagar, se vai ter troco ou não. Voltar para a escola.



Relatório do passeio realizado.

 Deixar que cada criança fale do que mais gostou no passeio , o que achou interessante no supermercado , o que ainda não conhecia e através do passeio conheceu , a professora vai escrevendo tudo que as crianças falar . Depois de o relatório pronto pedir que as crianças leiam em voz alta para depois expor no mural. Depois de o passeio sentarmos em rodinha para conversar sobre a preparação de algumas receitas saborosas e nutritivas como: salada de frutas, gelatina, sanduiche natural e bolo; Os alunos serão convidados a fazer uma pesquisa sobre as receitas de bolo com a quantidade de porções que cada receita serve. Finalidade levar os alunos a pesquisarem, conversarem, desenvolverem a imaginação e a capacidade de colher informações.

3º dia: Preparando o lanche; 

 Bolo de cenoura;

 Separar os ingredientes do bolo juntamente com as crianças: O que vamos precisar para fazer o bolo? Ir anotando os ingredientes e quantidade: EXEMPLO; Farinha de trigo: Quantas xícaras colocar?  Ovos: Quantas unidades? Açúcar: Quantas xícaras? Óleo: Quantas xícaras? Fermento: Quantas colheres? Cenoura: Quantas unidades? Depois ir fazendo o bolo juntamente com as crianças seguindo passo a passo. Fazer um cartaz juntamente com as crianças para ser exposto no mural; 


Depois do bolo pronto dividir entre as crianças cortando pedaços do mesmo tamanho para cada criança. Fazer perguntas como: Quantos pedaços o bolo deu?Fazer a contagem juntamente às crianças, Quem mais gostou do bolo? Deixar as crianças falar a vontade... Quem menos gostou? Por quê? Todos já tinham comido antes? 

4º dia: salada de frutas ;

 Preparar a salada de frutas com ajuda das crianças, Neste momento ir falando os nomes das frutas e escrevendo uma receita. Arrumar as frutas picadas numa tigela e espremer o suco da fruta e servir. Incentivar as crianças a comer a salada explicando a importância da fruta para o crescimento e desenvolvimento da criança. Combinar com as crianças qual será o lanche do dia seguinte.Conversar com as crianças perguntando se gostaram do lanche etc. 

 5º dia:  Sanduíche natural com pão integral e legumes 

 Explicar porque o pão integral é mais saudável, mostrar sua composição na embalagem, separar os legumes para o sanduiche como: tomate, queijo, cenoura ralada etc.. Explicar porque não vamos colocar hamburguês, maionese e nem ketchup explicando o porquê não devemos consumir esses alimentos, pois, é prejudicial à saúde.

6º dia; Gelatina; 

 Preparar gelatina de vários sabores para as crianças se deliciarem, conversar com elas sobre a preferência de cada uma.

Podemos também promover brincadeiras como um mercadinho, utilizando dinheiro de brincadeira. (compra e venda); assim as crianças aprenderão brincando pagando e fazendo trocos. Fazer um teatrinho com as crianças usando máscaras de frutas e verduras; E fechar contando uma história no pátio para todas as crianças da escola, onde as crianças poderão ser os personagens da história.

 Sugestão de Historia:

O Sanduiche da Maricota 




 No final do projeto fazer uma rodinha de conversa para conversar com os alunos, fazer perguntas como: Após o conteúdo estudado o que aprenderam? Qual receita gostou mais? Vão continuar com esse habito, alimentando se bem também em casa? Pedir para que as crianças conversem com seus pais e familiares sobre o que aprenderam na escola, fazendo com que toda família faça uma alimentação saudável diariamente.

Pedir que as crianças tragam de casa gravuras de alimentos saudáveis e não saudáveis para confecção de um cartaz para expor no mural da escola.Exemplo:

 

 

  Avaliação;

 A avaliação será realizada durante todo o decorrer do projeto através de observações, anotações pela professora, pelas conversas e questionamentos. Na hora da rodinha será possível verificar se houve êxito nos objetivos e se houve boa participação dos alunos.




video


Referencias bibliográficas;

 BELO HORIZONTE. PREFEITURA MUNICIPAL. Escola Plural. Construindo uma referência para escola Pural, uma reflexão preliminar. 

 BELO HORIZONTE. PREFEITURA MUNICIPAL. . Escola Plural. Uma proposta curricular para o 1º e 2º ciclos de formação 

 BELO HORIZONTE. PREFEITURA MUNICIPAL. P. Escola Plural. Caderno 3.proposta curricular da escola plural: referências norteadoras.

 BELO HORIZONTE. GOVERNO DE MINAS GERAIS. Orientações para a organização do Ciclo Inicial de Alfabetização. Avaliação Diagnóstica: Alfabetização no Ciclo Inicial. Ceale. Caderno. 2.

 BELO HORIZONTE. GOVERNO DE MINAS GERAIS. Orientações para a organização do Ciclo Inicial de Alfabetização. Preparando a Escola e a Sala de Aula. Ceale. Caderno 3.

 BELO HORIZONTE. GOVERNO DE MINAS GERAIS. Orientações para a organização do Ciclo Inicial de Alfabetização. Acompanhando e Avaliando. Ceale. Caderno. 4.

 BELO HORIZONTE. GOVERNO DE MINAS GERAIS. Orientações para a organização do Ciclo Inicial de Alfabetização. Planejamento da Alfabetização. Ceale. Caderno.6. LEITE, Lúcia Helena Alvarez. Pedagogia de Projetos. Lima, Elvira Souza.

 cICLOS DE FORMAÇÃO: uma reorganização do ensino escolar REZENDE, Márcia Ambrósio Rodrigues. Projeto 10 anos do Paulo Mendes Campos: Registros Biográficos. In: R. 2004.318f.. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação da UFMG. Belo Horizonte. RIBEIRO, R Tadeu. ARREGUY, R.S. Ramos. Enfoque Globalizador;

 Projeto 

Educação Infantil Fanny Nogueira - VARGINHA -MG. Imagens Google.